Revista Brasileira de Psicoteratia

Submissão Online Revisar Artigo

A pesquisa para o autor ou co-autor encontrou 2 resultados

Pesquisa em psicoterapia psicanalítica de adultos: uma revisão sistemática de ensaios clínicos*
Pricilla Braga Laskoski1; Charlie Trelles Severo2; Carolina Stopinsk iPadoan3; Diogo Machado4; Neusa Sica da Rocha5; Keila Maria Mendes Ceresér6; Fernanda Barcellos Serralta7; Cláudio Laks Eizirik8
Páginas: 29 - 46

Resumo

O objetivo deste estudo é reunir os ensaios clínicos que envolveram alguma modalidade de Psicoterapia Psicanalítica publicados no período compreendido entre julho de 2008 e julho de 2013. Pretendemos identificar quais as modalidades contempladas, qual a população mais estudada, quais os fatores de interesse mais estudados, que localidades apresentam maior produção e quais os principais resultados encontrados. A revisão foi realizada em julho de 2013, através das bases de dados PsycINFO, Embase e Pubmed. Foram selecionados 27 estudos. O número de ECRs em PP encontrado nesta revisão pode ser considerado pequeno, o que possivelmente reflete uma preferência por outros delineamentos de pesquisa na avaliação dos resultados das técnicas psicanalíticas. A pesquisa em PP parece ser veiculada predominantemente através de periódicos acessados muitas vezes apenas por outros pesquisadores. Porém, o difícil acesso pode não ser a única razão por trás da reconhecida dissociação entre academia e prática clínica: a linguagem utilizada nos artigos encontrados nesta revisão pressupõe amplo conhecimento de termos de uso restrito de pesquisadores. Acreditamos que esta revisão pode ser útil para uma geração de terapeutas e pesquisadores que desejam trabalhar em sincronia com o avanço do conhecimento científico.

Descritores: Terapia psicanalítica; Ensaio clínico; Adulto; Psicoterapia.

Teoria do Apego: conceitos básicos e implicações para a psicoterapia de orientação analítica*
Lorenna Sena Teixeira Mendes1; Neusa Sica da Rocha2
Páginas: 1 - 15

Resumo

O objetivo deste estudo é reunir os ensaios clínicos que envolveram alguma modalidade de Psicoterapia Psicanalítica publicados no período compreendido entre julho de 2008 e julho de 2013. Pretendemos identificar quais as modalidades contempladas, qual a população mais estudada, quais os fatores de interesse mais estudados, que localidades apresentam maior produção e quais os principais resultados encontrados. A revisão foi realizada em julho de 2013, através das bases de dados PsycINFO, Embase e Pubmed. Foram selecionados 27 estudos. O número de ECRs em PP encontrado nesta revisão pode ser considerado pequeno, o que possivelmente reflete uma preferência por outros delineamentos de pesquisa na avaliação dos resultados das técnicas psicanalíticas. A pesquisa em PP parece ser veiculada predominantemente através de periódicos acessados muitas vezes apenas por outros pesquisadores. Porém, o difícil acesso pode não ser a única razão por trás da reconhecida dissociação entre academia e prática clínica: a linguagem utilizada nos artigos encontrados nesta revisão pressupõe amplo conhecimento de termos de uso restrito de pesquisadores. Acreditamos que esta revisão pode ser útil para uma geração de terapeutas e pesquisadores que desejam trabalhar em sincronia com o avanço do conhecimento científico.

Descritores: Terapia psicanalítica; Ensaio clínico; Adulto; Psicoterapia.