Revista Brasileira de Psicoteratia

Submissão Online Revisar Artigo

A pesquisa para o autor ou co-autor encontrou 1 resultados

Teoria do Apego: conceitos básicos e implicações para a psicoterapia de orientação analítica*
Lorenna Sena Teixeira Mendes1; Neusa Sica da Rocha2
Páginas: 1 - 15

Resumo

A Teoria do Apego (TA) descreve como os primeiros vínculos de um indivíduo podem moldar as expectativas futuras dele sobre si e sobre o mundo e descreve também formas com as quais a terapia pode remodelar essas expectativas. Apesar de possuir alguns pontos de divergência com ideias freudianas e kleinianas, essa teoria apresenta também muitas convergências com ideias de psicanalistas como Fairbairn e Winnicott. Assim, o objetivo deste artigo é discorrer sobre os preceitos básicos da TA, sobre suas semelhanças e diferenças com outras escolas da psicodinâmica e sobre suas implicações para a psicoterapia de orientação analítica. Nessa última parte, será apresentado um caso que ilustra conceitos dessa teoria.

Descritores: Psicoterapia; Apego ao objeto; Relações mãe e filho.