Revista Brasileira de Psicoteratia

Submissão Online Revisar Artigo

A pesquisa para o autor ou co-autor encontrou 1 resultados

A utilização da psicoeducação no tratamento de pacientes com transtorno bipolar: uma revisão sistemática
Maria Emília Pereira Pimentel1; Gustavo Marcelino Siquara2
Páginas: 43 - 54

Resumo

O transtorno bipolar é caracterizado pela oscilação dos estados de humor maníacos e depressivos, que promovem alterações a níveis psicológicos e sociais importantes. Seu tratamento é feito principalmente à base de medicamentos que visam estabilizar o humor, mas apresentam limitações na adesão ao tratamento. Assim sendo, as abordagens psicossociais atuam principalmente na melhora do funcionamento social e ocupacional dos sujeitos. Dessa forma, a psicoeducação pode promover aos pacientes informações sobre o transtorno e com o objetivo de torná-lo colaborador ativo no tratamento, tornando o processo terapêutico mais efetivo.
OBJETIVO: Analisar a utilização da psicoeducação no tratamento de pacientes com transtorno bipolar.
MÉTODO: Foi realizada uma revisão sistemática em quatro bases de dados. Os artigos foram avaliados, de forma independente, por dois pesquisadores, obedecendo aos critérios de inclusão e exclusão. As combinações das palavras-chave utilizadas na busca foram: "psychoeducation OR psychoeducative OR psychoeducational AND bipolar disorder" e "psicoeducação OR psicoeducativo OR psicoeducacional AND transtorno bipolar".
RESULTADOS: Encontraram-se estudos que se baseiam em dois modelos de psicoeducação. Foram possíveis analisar a quantidade de sessões, o tempo de duração de cada uma delas, o tema abordado, e a quantidade de pessoas por grupo.
CONCLUSÃO: A partir da análise dos modelos de psicoeducação, existe um predomínio de apenas um modelo que serve de base para a maioria dos estudos encontrados. Com isso se identifica a necessidade de se desenvolverem novos modelos de psicoeducação dentro do transtorno bipolar.

Descritores: Transtorno bipolar. Ajustamento emocional. Educação em saúde.