Revista Brasileira de Psicoteratia

Submissão Online Revisar Artigo

A pesquisa para o autor ou co-autor encontrou 1 resultados

O vínculo terapêutico nas terapias cognitivas
Diana Lopes Alves
Páginas: 55 - 71

Resumo

O presente artigo, por meio de consulta à literatura específica sobre o tema, tratou de pesquisar a vinculação terapêutica na abordagem cognitiva. No desenvolvimento do trabalho, foram abordados os seguintes aspectos: como a aliança terapêutica foi concebida no contexto das terapias cognitivas; o papel do terapeuta na relação terapêutica; e como se constrói a vinculação terapêutica. A boa relação terapêutica é considerada por muitos autores como um preditor de sucesso do processo psicoterápico. No entanto, para se construir o vínculo deve-se considerar importantes aspectos, tais como: o cuidado precoce da relação, características específicas e individuais da terapia e do terapeuta. Ainda, constatou-se, na conclusão do artigo, a pouca produção na língua portuguesa e o impacto do vínculo na condição do terapeuta. No âmbito teórico da abordagem cognitiva: a diferença na importância e na ênfase da vinculação entre a terapia cognitiva de cunho racionalista e a perspectiva construtivista.

Descritores: Terapia cognitivo-comportamental. Vínculo terapêutico. Terapia cognitiva. Empatia. Relação terapêutica.